Molhados

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Melhor nem saber...

"Você se pergunta essas coisas do tipo: Quem sou? O que estou fazendo aqui? Hum, tá a um passo da loucura então...É tão difícil escolher qual a cor da roupa vestir! Como é que alguém pode responder com toda precisão: Sou isso ou sou aquilo? Existe um monte de gente que pensa ter descoberto tudo sobre si e suas ações. mal sabem elas que nada mais fazem do que exteriorizar o que que queriam ser. Complicado?Não muito.

O fato é que não precisa enlouquecer toda vez que não se conseguir responder estas perguntas ( boas quando longe), não ligue se for difícil saber quem somos ou para onde vamos. De certo, nossa vida é tão repleta de transformações que seria impossível não mudar uma frase que seja em nosso manual de instruções.

O melhor a fazer é viver. Viver assim mesmo, com a certeza do nosso nome, nossas origens e o que de fato nos faz bem. Viver sem essa de intelectual que morre buscando a obra perfeita ou construindo uma teoria para vender.

Viva, vá em direção ao que é ser feliz.Esqueça as entre linhas da existência.

Apenas ria, dance, faça o que tiver vontade.

Nosso coração responde nossas dúvidas. É ele que está aberto o tempo todo para consultas particulares. Vá ao encontro do seu coração. Deixe que cada dia, em sua integridade, pese o que deve ser repetido e o que deve ser deixado para trás.

Quem sou e o que estou fazendo aqui?

Não sei. Talvez nem queira.

Viver apenas.Feliz é claro. Viva sempre bem."

Nenhum comentário:

Postar um comentário