Molhados

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Pensar cansa?

Pensar cansa. Dizem os que tem medo de suas próprias idéias. Encaram como cansativo o ato de refletir sobre seus limites? Talvez. Acho que pensar muito cansa. Mas pensar de verdade. Como naquelas equações matemáticas ou fórmulas químicas. Pensar sobre a vida deveria fazer parte do cotidiano de cada um. Deveria ser um ato prazeroso, que devolva as razões de se estar vivo. Pensar sobre a vida implica viver. Não implica cansaço. Pensar a vida toda deitado no sofá também não resolve nada. Pensar vivendo, de viver mesmo, pra ser feliz, não cansa.

4 comentários:

  1. Só cansa para aqueles que não acreditam em sua própria capacidade de realizar coisas que muitos consideram ser impossiveis. Viver é bom, mas é pra poucos, os poucos que tem atrevimento e coragem para isso. Porque também não é fácil, nem pensar e nem viver, então para poder ser "feito" os dois ao mesmo tempo é necessária muita força de vontade. Bom texto, gostei ;]

    ResponderExcluir
  2. O pior é quando perdemos nosso tempo pensando em coisas que não nos acrescentam. Cansamos muito pensando assuntos superficiais, futilidades, o que se diz supérfluo... Isso faz dos nossos momentos de reflexão uma via fácil para nos tornarmos alienados do que nos rodeia e sobre nós mesmos!!!

    Adorei o texto!!! Precisamos pensar sobre o que, de fato, vale a pena pensar!!!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Acho que esse foi feitoo essencialmente pra mim ! Pensar cansa !

    ResponderExcluir