Molhados

domingo, 8 de agosto de 2010

Vejo graça nos meus tropeços.
Assim, como as nuvens veem graça no sol morninho nessas manhãs de inverno.
Então sorrio baixinho. Como se provocasse minha mente:
"A 20km e você tropeça? Ah, vou despedir você."
Sorte que ela rebate:
"E pra que a pressa? Você não tem hora marcada. "
Aí rimos juntos.
Damos as mãos e seguimos.
Como se não tivéssemos que voltar pra casa.Sem pressa. Sem hora marcada. "Como tudo deve ser."

12 comentários:

  1. Sem pressa. Sem hora marcada. "Como tudo deve ser".

    Poxa, Ana, suas palavras me fizeram viajar aqui agora. Faz tanto tempo que não sei como é viver assim. Vivemos sempre a mil por hora, temos vidas frenéticas demais e para driblar isso sou extremamente metódica, é tudo com hora marcada.

    "Rir junto".. faz falta! :(

    Você é muito iluminada, flor.
    Adorei seu cantinho.

    Tenha uma linda semana.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Ana. Gostei! Achar graça dos tropeços é também aprender com eles. Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Que lindo Ana.
    Sabe eu acho que as vezes precisamos olhar para dentro pra encontrar a paz necessario pra continuar a vida aqui fora.


    Grande Beijo
    Thaty
    Pedaços do Cotidiano
    http://thatycastan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Tropeços me fazem lembrar "E tropeçou no céu como se ouvisse música..."
    Mtt bom aqui. Amei! Bjss
    http://refugiodiario.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  5. Ai, que delícia de lugar!
    Estarei por aqui, sempre!
    bjus

    ResponderExcluir
  6. -Como sempre... marcante! - Molhei os dedos das mãos...

    ResponderExcluir
  7. Lindo, lindo! Aparecerei muitas vezes. E obrigado por ler o Sangue e Solidão. :)

    ResponderExcluir
  8. ai que gostoso estar aqui!
    tão suave e ao mesmo tempo tão intenso!
    sucesso linda!

    ResponderExcluir
  9. Sempre ri dos meus tropeços....E tem cada um,, mais engraçado do que o outro. Talvez por pensar que não importa muito quando a gente cai, mas importa sim a elegância com a qual a gente levanta.!!

    bom Domingo, Ana;

    Beijjss..!

    ResponderExcluir
  10. Um viva, a arte do dialogo interior rs.
    Felizes os que fazem amizade consigo mesmo.

    Estou conhecendo o seu blog (Nossos blogs são meio gêmeos rs), e gostando muita da sua sútil intensidade.


    Abraço Grande.

    ResponderExcluir