Molhados

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Essência

Quando tudo parece ter "entrado pelo cano" e a gente perde a confiança que tínhamos em alguém, seja por seus atos, palavras, etc, entramos num estado de transe. Ficamos horas, dias, tentando encontrar um motivo para tal decepção. O problema é quando os erros são visíveis e ainda assim não queremos mal à criatura. Entendo o tal transe como um túnel do tempo. Onde ficamos visualizando um filme cheio de paisagens, cores e todos os momentos felizes.
Ainda tô tentando entender bem o que é isso. O que permanece dentro da gente pra não levar em conta os "mil motivos para odiar"? O que fica ali, num cantinho, pra fazer a gente lembrar só a parte boa da história?
Acho que é algo como "essência".
Ou seja, o que temos de mais natural. Traços que nascem conosco e que por mais que passe o tempo e por mais que mudemos estarão lá. Essência é como dar a volta ao mundo, ser influenciado por toda diversidade que há, voltar para casa e descobrir que alguma coisa permanece intacta.

É isso que fica. É o que sobra de nós. É o que sobra em nós das pessoas que amamos infinitamente.

Não desejamos o mal porque em algum momento tivemos em contato com o que de mais puro existe nelas. Ás vezes nem mesmo as pessoas percebem isso, não conseguem enxergar o ponto no qual nos ganharam. Mal sabem que (sim, raras pessoas) conseguem enxergar o que elas buscam dentro de si.

Descobri que amo minha essência. Que ela é pura ainda que mentes e corpos não sejam. Que ela ilumina quando não racionalizamos. Que ela devolve sentimentos eternos. Que ela está lá, quando tudo parece perdido.

27 comentários:

  1. Olá Ana
    Passei para lhe desejar um Feliz Natal e um2011 cheio de realizações.
    Bjux

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto, Ana. Parabéns por você ser a pessoa especial que é ( só alguém assim conseguiria escrever algo tão belo). FELUZNATAL. Beijoooooooooo.

    ResponderExcluir
  3. Ana,
    Desejo-lhe um Natal em harmonia, pleno de essência.

    Beijo :)

    ResponderExcluir
  4. Na essência é o supra-sumo do que somos!
    Bjs*

    ResponderExcluir
  5. Nada supera a essência, querendo ou não somos isso, o importante é gostarmos de nós mesmos.

    ResponderExcluir
  6. Procuramos detalhes e mais detalhes. Cada palavra negativa é uma evidência. Nem por devemos odiar, mas sim procurar uma saída, bem mansa para não criarmos problemas psicológicos para nós mesmos. Há muita coisa a se observar nos comportamentos humanos.
    Como é bom ler você!

    ResponderExcluir
  7. a nossa essencia nos faz ser quem somos ... ele faz en noss ser unicos e verdadeiro a vida... grande verdade minha amiga....

    saludos
    otima semana
    abracos

    felices festas feliz natal amiga...ana

    ResponderExcluir
  8. Querida Ana,


    adorei este texto que explica algo que que não saberia definir tão bem como você. Parabéns pela excepcional sensibilidade. Obrigada pela bela partilha.


    Carinhoso beijo e um Natal Feliz junto aos que ama.

    ResponderExcluir
  9. O autoconhecimento, Ana, é a chave para uma vida geralmente feliz. Boas festas. Beijos

    ResponderExcluir
  10. Incrível, e a imagem é tão encantada, amei! *-*
    Ah, flor, desejo-te um lindo natal, viu? E Parabéns pelo lindo
    blog. AUHSUAHSUAHUSHA

    ResponderExcluir
  11. Eu sei bem sobre essência! E tenho a minha aqui, dentro de mim! Bju!

    ResponderExcluir
  12. Olá, estou passando pelos blogs os quais visito para informá-los sobre um group criado por mim, afim de aproximar os blogueiros virtuais. Vale a pena ressaltar que este group será apenas indicado aos blogs “com conteúdo”. Estórias, contos, poesias, poemas, livros, enfim, blogs literários. E você foi convidado, porém, caso conheças algum blogueiro com cujas finalidades, chame-o para este meio. ;]
    Arianne Carla.
    Group: group115874@groupsim.com

    ResponderExcluir
  13. Te desejo um Feliz Natal de muita paz, amor e felicidade.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Oi,Ana!Mas bá guria tu também é gaúcha que legal!Nossa lendo seu texto pude me ler em cada palavra, tu conseguiu traduzir magnificamente bem tudo o que estou sentindo, apesar de ainda estar em transe por toda decepção, eu não consigo odiar a pessoa que me causou toda decepção, nem consigo tirá-la dos meus pensamentos e isso ainda me faz sofrer,mas eu sei que vai passar...
    Feliz Natal para ti e todos teus!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  15. Ana, me identifiquei muito. seu texto foi o fato, a foto do meu momento. =/

    lhe convido. a visitar o meu blog.
    www.iandeee.blogspot.com
    Feliz Natal para você. paz, amor, e união.

    ResponderExcluir
  16. Feliz natal querida, tudo de especial pra vc..e que 2011 seja repleto de realizações.!!!

    Beijos

    Dand^^

    ResponderExcluir
  17. Como é bom quando algo permanece nos momentos em que não temos mais com que contar...

    ResponderExcluir
  18. emocionou-me tuas palavras. Jamais deixe de lado tua essencia, que é o que há de mais puro em um ser humano.
    beijinhos

    ResponderExcluir
  19. Mesmo querendo fugir, ela sempre está lá, nos chamando para deixar que ela nos complete e guie nossas vidas. Bom texto, parabéns ;*

    ResponderExcluir
  20. Perder a essência e perder a identidade e se perder neste mundo, apesar das adversidades, ela garante quem somos.Tchua! Boas festas!

    ResponderExcluir
  21. Continue sempre assim! A nossa essencia ninguém tira!

    ResponderExcluir
  22. Aninha, Mega ano de 2011 pra ti, com mt amor e paz.
    Bjão

    ResponderExcluir
  23. Descobri que amo minha essência. Que ela é pura ainda que mentes e corpos não sejam.

    Lindo dimais, adorei o blog. To seguindo :)
    Tenha um gostoso começo de ano.

    ResponderExcluir
  24. Que texto lindo!
    Senti falta de vir aqui!
    Que 2011 traga mais cores pra todos nós Ana!
    Boa semana pra vc!

    ResponderExcluir